segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Capítulo final - até que enfim!

Bora fazer o último capítulo dessa jornada?
Já passou da hora! (é que o aniversário da Nina é amanhã e a festa é na sexta e o negócio ficou feio por aqui: trabalho+criança de férias+organização festinha+marido que foi viajar +++++).

********
Olha, gente, não foi fácil confessar e assumir para minha pessoa, que eu errei com a amamentação da Nina.
Doeu.
Acho que aceitei muito fácil a recomendação do doutor. Não busquei informação, não tive argumentos para discutir a opção de dar leite artificial. A única coisa que eu pensava era que ela tava passando fome, just.
Mas ó, eu tinha um nózinho no peito. Sei lá se é o tal instinto materno, sei que quando dei a primeira mamadeira, juro que pensei: não tá certo, não tá certo.
Por isso, antes de dar o Nan, questionem minha gente. Só isso. Perguntem o porquê (tem acento?). Visitem um sem número de pediatras. Leiam blogs. Se informem.

**********
Eu despedi a enfermeira no terceiro dia. Falei sério com a minha mãe e pedi: nem cogite dar mamadeira pra essa criança e nem me olhe com aflição quando ela se erguer pra traz recusando o peito.
Alice vai mamar leite materno, questão de honra.
E funcionou. Minha mãe, que ajudou muito nos primeiros dias (meses...) com a Alicinha mudou o discurso, passou a me incentivar. Marido idem. Pediatra idem. Cachorro idem.
Enfim, me cerquei de gente boa, com cara boa e palavras boas.
Me esforcei sim para amamentá-la só no peito, porém, essa mudança de postura das pessoas ao meu redor contribuiu em muito para o sucesso da empreitada.
Por isso, digo, do seu lado, só coloque pessoas do bem. Conselho importante pra toda vida, mas, fundamental nessa fase.

**********
Tem muito post bom na blogosfera. Visitem a Mari, a Paloma, a (eu lia diariamente os posts delas!) e outras tantas que já escreveram sobre o assunto.

*********
Essa série só saiu da cabeça porque li esse post da Pat. Achei que tava passando da hora de contar minha história.
Pat, é pra você e para a sua linda Alice, meu beijo especial nesse capítulo final. Rimou!!!!

9 comentários:

Roberta Lippi disse...

Que orgulho, querida amiga. Parabéns pela série de posts e pela coragem de enfrentar as opiniões e seguir seu instinto. Realmente é muito difícil fazer isso no primeiro filho, quando a gente ainda é muiro fragilizada e não tem coragem de enfrentar as pessoas. Eu também não lia blogs nem nada, e fiz um monte de besteiras por causa de uma pediatra estúpida que eu tive. Sorte é que com a amamentação foi tudo ok, mas fiz várias cagadas que me arrependo.
Mas a gente aprende e o bom é conseguir superar na segunda gravidez. Parabéns pelo relato.
Sou sua fã de carteirinha, querida!
Beijos

Thaís Rosa disse...

lindona, arrepiei e chorei...
parabéns por se enfrentar (é mto mais difícil que enfrentar os outros...) e envolver os seus queridos na sua decisão.
pq amamentar é um processo coletivo (falei disso aqui: http://aprendiz-de-mae.blogspot.com/2009/08/meu-primeiro-relato-de-amamentacao.html), e só assim pode ser realmente bem sucedido!
beijos orgulhosos

Aracéli e Paulo Carneiro disse...

É isso aí tia Dani! Legal vc contar sua(s) experiência(s) aqui!
E é super bacana poder contar com a ajuda de alguém que nos apoie num momento de tanta fragilidade né?
Bom, fui firme e forte com a amamentação, e como já disse antes, vc tb fez parte disso!
E esse negócio de blogosfera é bom né? Eu adooooro ler as mães e suas experiências, acho que pq percebo que sou meio normal e que tenho filhos normais!!! E isso me conforta sabe?
E acho que toda mãe realmente empenhada em amamentar tem milhões de dúvidas e medos!
Parabéns pelo relato! E boa sorte com a correria aí...
Não esquece de guardar docinhos pra nós tá?
Beijocas

Letícia Volponi disse...

Dani, eu ando sumida dos comentários, mas tenho lido sempre que posso e to muito orulhosa desa sua série. Parabéns pela perseverança e sucesso com Alice! Fico realmente muito feliz por vocês

Re disse...

Ai Dani, acho que eu fiz o mesmo com a Manu que vc fez com a Nina...hj ja nao tenho mais leite e me questiono o que eu poderia ter feito de diferente para ter aumentado minha produçao e ter conseguido alimentar a Manu...uma coisa eu tenho em mente se rolar um segundo filho, vou fazer diferente. Bjs

Empório Kadam disse...

Querida Dani... vc é uma dessas pessoas BOAS q me cercam!!! te adoro! Su

Paula Dreger disse...

Oi querida,
Me identifiquei tanto com seus relatos de amamentacao.
Hoje tambem faria bem diferente do que fiz com a Bel.
Com ela, infelizmente, foi muito dificil. Nao consegui ser feliz com a amamentacao.
E o pediatra, falou para eu dar Nan para ela com 5 dias de vida pois nao parava de chorar, mesmo depois de mais de 1 hora direto no peito. Eu nao dei.
Mas mesmo assim depois de 2 meses, nao consegui mais e ela mamou o Nan.
Foi muito sofrido para mim. Achava que estava sendo julgada a cada olhar...doia demais.
Parabens pela coragem!!
Te admiro muito.
beijos e beijos!

lolo disse...

Provavelmente se eu não lesse blogs teria aceitado o conselho da Pediatra de dar Nan para a Lara aos quatro meses, quando ela engordou menos. Foi só eu dizer "não quero dar leite artificial para a minha filha" que ela me mostrou outras opções (eu tirava leite com a bomba de manha e oferecia à tarde no copinho, quando minha produção caìa) e ainda me confessou que muitas vezes os pediatras receitam o leite artificial porque não sabem o quanto as mães estão dispostas a se sacrificar e têm medo da criança não conseguir ser nutrida apropriadamente. Foi só uma negativa da minha parte que salvou a minha filha de tomar leite artificial antes da hora e eu tenho certeza que o que me deu confiança para isso foi ter lido o relato de outras mães, ja que nao tenho muitas por perto, muito menos as dispostas a amamentar exclusivamente.

Avassaladora disse...

Dani, passei a mesma coisa com o Gui (que NUNCA MAMOU EXCLUSIVO) e com a Ciça, foi muito sofrimento, muito. Mas acho que é a coisa da insegurança do primeiro filho, com o segundo a gente é dona da maternidade e que não venha ninguém nos dizer o quê tá certo e o quê tá errado!!!! Parabéns!!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Studio May Ishii

TEMPLATE DESENVOLVIDO POR STUDIO MAY ISHII. POWERED BY BLOGGER. DANI, MARCÃO, NINA E ALICE © 2012.