quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Todo mundo tá feliz! Tá feliz!


Há uns dois meses ela começou a chorar quando eu a deixava, de manhã, na casa da minha mãe para vir trabalhar.
Ficava tristinha quando a colocava na cadeirinha do carro e ao chegar na vó, não queria sair do meu colo.
Fase?
Pode ser, ela tá mais do que acostumada a ficar com a minha mãe.
Mas isso começou a me fazer um mal danado. Culpa, culpa, culpa.
Se eu já chorava antes, quando ela ficava bem, agora eu vinha trabalhar aos prantos, todos os dias. Questionamentos sem fim.
Cheguei à conclusão que ela tava sentindo minha falta. E eu a dela. Que nós precisávamos conviver mais, nos ver por mais tempo e que só das 18:30 às 22:00 hs já não era mais suficiente.
Resolvemos, Marcão e eu, que a melhor solução para o nosso caso, era colocar a pequena na escola, durante o período da manhã. Desse jeito, ela almoçaria com a gente, tomava banho lá em casa, mamava e só depois, lá pelas 13:30 hs, rumaria para os braços da vó.
Pesquisamos algumas escolas e hoje, de manhã, Nina teve seu primeiro dia de aula.
No começo, se mostrou meio tímida. Dez minutos depois, já deu a mão para a Tia Cláudia e foi se divertir no escorregador, na casinha, na areia, tendo como platéia eu e o Má, boquiabertos com a facilidade com que ela havia se desgarrado da gente (isso é assunto para outro post!).
Fui buscá-la duas horas depois e ela tava no colo da tia lendo um livrinho. Não chorou durante o período em que ficou lá. Me chamou algumas vezes, mas logo se distraiu com os brinquedos e as outras crianças (fiz a tia jurar que isso era verdade!). Cantou parabéns para um coleguinha, tirou foto com a turma e comeu cachorro-quente.
Depois fomos prá casa. Almoçamos, brincamos e ela se mostrou extramamente feliz em estar ali do nosso lado, naquela hora. Cantava o tempo todo, dançava e corria atrás da Mel. Até a nossa funcionária notou a felicidade dela e comentou comigo.
Acho que fizemos a coisa certa, não só prá ela, mas para a gente, prá nossa família.
Tô feliz, gente! Confesso que não me sentia assim, em paz, há algum tempo.
Beijo, em especial para a e para a Mãe do Pitoco, que fizeram ótimos e verdadeiros relatos sobre a introdução dos nossos bebês no mundo escolar. Valeu, molheres!

12 comentários:

Roberta disse...

Que notícia boa, Dani!! E como anda saidinha essa Nina, hein! Se jogando no colo da tia Claudia?! É só aparecer algo interessante pra eles fazerem que a manha de falta de mãe passa rapidinho.
Cada mãe sabe os seus limites.
Parabéns pela decisão. E pra ela vai ser bom, porque vai conviver mais com outras crianças.
Beijos,

Patricia disse...

Nossa Dani, sério?
Mariana está igualzinha e foi um dos motivos pelos quais resolvemos adiar a escola pra agosto...
Que ótimo que vocês acertaram na decisão! Vou repensar a ideia.
beijos querida!

piscardeolhos disse...

Que maravilha, parabéns!
Vai ser muito bacana, principalmente pra ela, vc vai ver!
Beijão, querida

piscardeolhos disse...

Ah! E ela tá lindona, Dani!

Fabiola disse...

É tão bom quando a gente acerta na decisão, né?? Dá uma sensação boa!!!
A Nina está linda!!!
Parabéns!
Bjinhos

Mãe do Pitoco disse...

Que fofas - você e ela! Ela, porque é linda, madura, tem um sorriso arrebatador e está surpreendendo os papais que ainda acreditavam que a casa da vovó bastava para sua imensa curiosidade sobre o mundo. E vc, por ter sensibilidade o suficiente para perceber que a pequena precisava de outras paisagens, novos estímulos, apesar de toda a dedicação e carinho que casa de vó costuma ter. Parabéns às duas e obrigada vc, por este post, que pode ajudar muitas outras mamães que estão passando pelo mesmo.

Kelly disse...

Você vai ver como eles 'crescem" ao ingressar para escola. A minha, as vezes fala cada coisa que nunca imaginei que uma criança da idade dela pudesse conhecer, uma graça.
Nossas pequenas começam a cortar o cordão umbilical pela segunda vez. beijos

tia Ara e tio Paulão disse...

Daniiii... Aiiii que delícia!!! Tira uma foto dela de uniforme e manda pra mim... Adoooro!!! Acho que é síndrome de professora... hehehe
E fica firme que ela vai adorar escola cada vez mais... Novas amizades, brincadeiras e muita aprendizagem...
Beijocas!

Letícia Volponi disse...

Dani, que bom que tudo se acertou. Agora que ela já tá praticamente adaptada à escola voicê vai ver que delícia que é buscá-la e vê-la contar as mais diversas histórias sobre os coleguinhas. Laura fica o dia todo na escola e adora!

Débora Marchini disse...

Ai Dani... que legal, do jeito que ela eh ativa, vai amar ir pra escolinha mesmo! Muito bom lere saber sobre a vida de vcs! :-)
Parabens por ser essa maezona! Nao eh pra qq um....
beijos
Deh

Lia disse...

É isso aí, Dani! Escolinha é o máximo! E também dá um refresco pra sua véia, né? Porque passar o dia inteiro cuidando de menino não é mole...

Thaís Rosa disse...

dani, que perfeito o que vocês fizeram!! por isso que piro na tal história que "coração de mãe não se engana". Ela tava precisando dessa mudança, desse tempo a mais com vocês, desses novos ares e aprendizados da escolinha. Ponto pra vocês. E ela vai curtir tanto, vai se desenvolver tanto... e sua mãe vai poder voltar a ter um pouco de vida sem neto, né! (apesar que tenho certeza que, por ela, seguia a vida toda cuidando da pequena!!!)
beijo!!
tha
ps. putz, fiquei sabendo da gravidez da mari por você, naquele comentário lá no blog. Tá todo mundo embarrigando!!! Maridón tá numa pressão forte aqui, mas estou esperando mais um pouquinho... hehehe... e vocês, já estão na tentativa??

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Studio May Ishii

TEMPLATE DESENVOLVIDO POR STUDIO MAY ISHII. POWERED BY BLOGGER. DANI, MARCÃO, NINA E ALICE © 2012.